Pacto Nacional pela Alfabetização na Idade Certa receberá mais R$ 600 milhões

Meta do programa é alfabetizar crianças com até 8 anos ao final do terceiro ano do ensino fundamental

Agência Brasil,

14 Novembro 2012 | 14h21

Brasília – O governo federal vai investir mais R$ 600 milhões no Pacto Nacional pela Alfabetização na Idade Certa, lançado na semana passada pela presidente Dilma Rousseff. Com o reajuste, serão aplicados no programa R$ 3,3 bilhões em dois anos, afirmou o ministro da Educação, Aloizio Mercadante, em audiência na Comissão de Educação da Câmara dos Deputados. A meta do programa é alfabetizar crianças com até 8 anos, ao final do terceiro ano do ensino fundamental.

A presidente Dilma Rousseff havia anunciado ontem, no programa de rádio Café com a Presidente, reajuste de R$ 50 nos valores que serão pagos aos  360 mil professores alfabetizadores. A partir de agora, o valor será R$ 200 para que  professores participarem do curso de formação. A bolsa dos 18 mil professores orientadores foi reajustada em R$ 15 reais e ficará em R$ 765 por mês. Trinta e seis universidades públicas vão preparar cursos de 200 horas para uniformizar procedimentos educacionais em todo o País.

Para a presidente, o programa terá impacto nos índices de desigualdade e exclusão no País. “O Alfabetização na Idade Certa vai ajudar toda criança a ter o aprendizado adequado para continuar estudando e, lá na frente, usar todas as oportunidades que encontrar para progredir na vida.”

Mais conteúdo sobre:
Educação alfabetização

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.