ONG recicla computadores para capacitar comunidades carentes

Cerca de cem computadores foram montados, no fim de semana, por técnicos e voluntários do Comitê para Democratização da Informática (CDI). A partir desta segunda-feira, o equipamento, doado por empresas, começa a ser distribuído para escolas de informática e cidadania criadas pelo CDI em comunidades carentes de São Paulo e 19 Estados.Os computadores serão usados em programas de capacitação em comunidades carentes. O CDI mantém escolas de informática em várias cidades brasileiras, dando principalmente oportunidade a pessoas de baixa renda aprenderem a usar computadores e a internet. As escolas de informática funcionam também como centrais de cidadania.Monitores, CPUs, teclados e peças foram doados por empresas de vários ramos de atividade no programa denominado Megajuda, lançado na semana passada, na Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp). Quando vão trocar suas centrais de processamento de dados ou atualizar seus equipamentos, as empresas cedem o material antigo ao CDI.Nos mutirões de fim de semana, voluntários e técnicos da ONG deixam os equipamentos em condições de uso. "Entre sábado e domingo, passaram pelo menos cem pessoas por aqui, com muito boa vontade para ajudar no trabalho", disse o técnico de manutenção do CDI, Fagner Vitor de Almeida. Boa parte do material que passou por manutenção irá para escolas do Ceará, Maranhão e Pernambuco. Outras informações no portal www.cdi.org.br.

Agencia Estado,

04 de agosto de 2003 | 11h13

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.