OAB-SP parcela anuidade de novatos pela 1.ª vez

A seção paulista da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB-SP) está parcelando o pagamento da anuidade para os 7. 258 bacharéis aprovados no último Exame da Ordem, cujo resultado foi divulgado no dia 11 de março. A medida é inédita e vale não só para os novos advogados mas também para os estagiários (eram cerca de 8,8 mil no ano passado). A Ordem calcula que cerca de 22 mil pessoas serão beneficiadas.A anuidade só podia ser parcelada a partir do segundo ano de filiação à OAB-SP. Segundo a Ordem, a mudança partiu da Comissão do Jovem Advogado, que solicitou isonomia para os estreantes. "Esta medida tira o caráter arrecadatório da entidade que, nesta gestão, está mais preocupada em resolver as dificuldades que afetam o jovem advogado e o estagiário no início de carreira e aproximá-los da Ordem", diz Luiz Flávio Borges D´Urso, presidente da OAB- SP.Os jovens advogados têm três pagamentos a cumprir: a taxa de inscrição, de R$ 102,00, cartão e carteira de identidade profissional, mais R$ 153, e a anuidade, cujo valor integral é R$ 275,00. "Somente o valor dos documentos, cujo custo é repassado para a Casa da Moeda, não há como parcelar", diz Fábio Canton, presidente da Comissão do Jovem Advogado.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.