OAB-SP aprova 39,8% dos candidatos para a 2ª fase do concurso

No dia 9 de março, 9.481 bacharéis de Direito vão prestar a segunda fase da prova para ingressar na ordem

06 de fevereiro de 2008 | 21h47

A Ordem dos Advogados do Brasil de São Paulo (OAB-SP) aprovou 39,8% dos 24.827 candidatos que prestaram a primeira fase do concurso da ordem. Os 9.481 inscritos vão prestar a segunda fase do exame, marcada para o dia 9 de março. A lista de convocados para a segunda fase está diponível no site da Cespe.   A primeira fase do exame da ordem foi feita no dia 27 de janeiro, depois de ser cancelada por suposto vazamento de questões. A prova foi impressa, distribuída e aplicada pelo Centro de Seleção e Promoção de Eventos (Cespe), ligado à Universidade de Brasília, ao contrário do exame anterior, feito pela Fundação Vunesp. Uma sindicância interna da OAB-SP indicou que a quebra de sigilo do exame anterior ocorreu na Vunesp.   O índice de abstenções na capital paulista foi de 4,2%. Quem acertou mais de 50% das 100 questões da prova foi habilitado para prestar a segunda fase do exame. A previsão da OAB-SP era que apenas um terço dos candidatos seja aprovado no exame.   "A sociedade espera profissionais qualificados para defender seus direitos e o Estado Democrático de Direito. No entanto, o que estamos assistindo é a uma mercantilização do ensino jurídico. Somente um em cada três bacharéis vai passar no Exame de Ordem, que busca verificar a aptidão do profissional para exercer a advocacia", disse Martins Neto.

Tudo o que sabemos sobre:
OAB-SPexame da OAB

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.