OAB realiza 1.ª fase de Exame da Ordem neste domingo

Candidato deve acertar pelo menos metade das 80 questões de múltipla escolha

Estadão.edu,

03 Fevereiro 2012 | 21h57

SÃO PAULO - A Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) realiza neste domingo, 5, a 1.ª fase do 6.º Exame da Ordem Unificado. Para ser aprovado nesta etapa, o candidato deve acertar pelo menos metade das 80 questões de múltipla escolha.

 

O exame será aplicado pela Fundação Getulio Vargas (FGV). Começa às 14h (horário de Brasília) e termina às 19h. O candidato pode consultar seu local de prova no site http://oab.fgv.br.

 

Na prova caem perguntas sobre as disciplinas profissionalizantes obrigatórias e integrantes do currículo mínimo do curso de Direito, além de direitos humanos, código do consumidor, Estatuto da Criança e do Adolescente, direito ambiental, direito internacional, assim como Estatuto da Advocacia e da OAB, seu Regulamento Geral e Código de Ética e Disciplina da OAB.

 

O gabarito preliminar deve ser divulgado ainda no domingo, a partir das 22h. O resultado preliminar está previsto para sair em 15 de fevereiro.

 

A segunda etapa (prova prático-profissional) será realizada no dia 25 de março. A aprovação no exame é pré-requisito para que bacharéis em Direito possam exercer a advocacia.

 

Na última edição da prova, 24,52% dos candidatos foram aprovados. Estavam inscritos cerca de 108 mil bacharéis e estudantes de Direito.

 

O que levar

 

Os examinandos devem levar caneta esferográfica de tinta azul ou preta, fabricada em material transparente, comprovante de inscrição e documento de identidade original. Não será permitido o uso de lápis, lapiseira, borracha e corretivo durante a realização da prova.

 

Será eliminado o candidato que, durante a realização da prova, for surpreendido portando aparelhos eletrônicos tais como bipe, telefone celular, walkman, agenda eletrônica, notebook, palmtop, receptor, gravador, máquina de calcular, máquina fotográfica, controle de alarme de carro, pen drive, etc. Também é proibido usar relógio, óculos escuros ou quaisquer acessórios de chapelaria.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.