OAB faz primeira fase de exame no domingo

Gabarito será divulgado na terça-feira; local de prova está divulgado no site da FGV Projetos

Carolina Stanisci, Estadão.edu

15 Julho 2011 | 11h37

No próximo domingo, 17, será realizada a primeira fase do Exame da Ordem dos Advogados do Brasil. Com mais de 120 mil inscritos, a prova, na primeira fase, terá 80 questões de múltipla escolha - 20 a menos que no concurso anterior.

A prova da Ordem é feita por um departamento da Fundação Getulio Vargas (FGV Projetos). De acordo com a comissão do Exame, a diminuição do número de questões, tanto na primeira fase como na segunda, não teve a intenção de facilitar a vida dos candidatos. No último exame, porém, a OAB afirmou que teve o pior índice de reprovação, de 90%.

A Ordem chegou a divulgar a lista das instituições que não tiveram nenhum aluno aprovado. Essa não foi a única polêmica envolvendo o exame. No primeiro exame unificado, organizado pelo Cespe/UnB, no início do ano passado, a OAB recebeu denúncias de vazamento de questões. A Polícia Federal instaurou  inquérito.

As fraudes levaram a OAB a romper com o Cespe e contratar a Fundação Getulio Vargas para elaborar o exame. Mas isso não impediu que outros problemas atrasassem ainda mais o cronograma da seleção. A 2.ª fase da segunda prova do ano passado (2010/2),  em novembro, teve de ser corrigida de novo por  conta de erros na divulgação do resultado.

Para saber o local de prova, o aluno deve conferir o site da FGV Projetos. O gabarito só será divulgado na terça-feira, 19. Antes disso, no domingo, o aluno pode conferir a correção online do cursinho LFG. A previsão é de que a correção comece às 21h.

História. O Exame da Ordem foi criado por lei em 1963, mas era obrigatória só para quem não tivesse feito estágio profissional. Em 1994, a Lei n.º 8.906,  válida até hoje, transformou a prova em precondição para todos que desejam exercer a advocacia.

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.