OAB adia fim do período para recurso em Exame da Ordem

Site apresentou instabilidade e prazo recursal começou com um dia de atraso; 50 mil candidatos fizeram a prova de segunda fase

Estadão.edu

27 Dezembro 2011 | 14h59

SÃO PAULO - Em razão do alto número de acessos ao site para consulta do resultado preliminar do 5.º Exame da Ordem Unificado, a OAB e a FGV Projetos decidiram adiar para as 12h do dia 1.º de janeiro o fim do período para candidatos não aprovados apresentarem recursos. O prazo, que começaria a valer ontem, só teve início ao meio-dia desta terça-feira, 27.

 

Segundo a FGV, responsável pela organização do exame, a principal causa do congestionamento no site ocorre por conta do download das imagens digitalizadas dos cadernos de textos pelos cerca de 50 mil candidatos que prestaram as provas de segunda fase, no dia 4. "Essas imagens estão sendo enviadas para novos servidores dedicados, visando a minimizar a lentidão na visualização dos documentos. Tão logo seja concluído o processo de upload das imagens a estes novos servidores, os espelhos de provas serão disponibilizados novamente em nosso site", informa a fundação.

 

A aprovação no exame é pré-requisito para que bacharéis em Direito possam exercer a advocacia. Os candidatos que não passaram na atual edição da prova podem entrar com recurso por meio do site http://oab.fgv.br. É necessário inserir o número do CPF e a senha recebida no ato da inscrição.

 

O resultado preliminar do 5.º Exame da OAB foi publicado ontem, no site, mas o endereço eletrônico apresentou instabilidade ao longo do dia. A lista final será divulgada em 16 de janeiro.

 

Na primeira fase, 108 mil pessoas se inscreveram para fazer a prova em todo o Brasil. Desses, apenas 50 mil candidatos foram aprovados e participaram da segunda etapa. Nesta fase, de caráter prático-profissional, o bacharel tem de redigir uma peça jurídica e responder a quatro questões discursivas sobre a área do direito em que pretende atuar - informada no momento da inscrição.

Mais conteúdo sobre:
OAB Exame da Ordem Exame de Ordem

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.