Nilton Fukuda|Estadão
Nilton Fukuda|Estadão

Número de vagas oferecidas pelo Enem na USP cresce 45%

O uso do Enem como forma alternativa de ingresso é uma das apostas da reitoria para aumentar o nível de inclusão na instituição

Isabela Palhares, O Estado de S.Paulo

06 Julho 2016 | 03h00

SÃO PAULO - A Universidade de São Paulo (USP) vai ampliar em pelo menos 45% o número de vagas a serem preenchidas pelo Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). A universidade já definiu que 2.159 vagas serão destinadas ao Sistema de Seleção Unificada (Sisu), que reúne instituições de ensino que adotam o Enem para selecionar os alunos.

Dessas vagas, 60% (1.325) serão preenchidas por estudantes que tenham cursado o ensino médio integralmente em escolas públicas e 14,8%, para alunos oriundos da rede pública e que tenham se autodeclarado pretos, pardos e indígenas (PPI). O uso do Enem como forma alternativa de ingresso é uma das apostas da reitoria para aumentar o nível de inclusão na instituição. 

Os números ainda podem mudar, uma vez que nem todas as unidades informaram quanto pretendem reservar ao Sisu. A Faculdade de Medicina, por exemplo, ainda não definiu. O assunto precisa passar por deliberação do Conselho Universitário. 

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.