Novo reitor da USP define equipe de gestão

Marco Antonio Zago assumiu a instituição em 25 de janeiro

Paulo Saldaña, O Estado de S. Paulo

11 Fevereiro 2014 | 16h08

O Conselho Universitário da Universidade de São Paulo (USP) homologou na tarde desta terça-feira, 11, a nova equipe de pró-reitores indicados pelo reitor Marco Antônio Zago. Essa é a primeira medida do novo reitor, que assumiu a instituição no dia 25 de janeiro.

Antônio Carlos Hernandes, do Instituto de Física de São Carlos, assume a pró-reitoria de Graduação. A professora da Faculdade de Ciências Farmacêuticas Bernadette Dora Gombossy de Melo Franco ficará à frente da pró-reitoria de Pós-Graduação. Até 2013, o posto era ocupado pelo atual vice-reitor, Vahan Agopyan, da Escola Politécnica.

A pró-reitoria de Pesquisa, ocupada por Zago entre 2010 e 2013, será comandada por José Eduardo Krieger, docente da Faculdade de Medicina da USP e presidente da Academia de Ciências do Estado de São Paulo. Na última gestão, o órgão de Pesquisa teve orçamento próximo a R$ 1 bilhão anuais.

Na pró-reitoria de Cultura e Extensão, Zago decidiu manter a professora Maria Arminda de Nascimento Arruda, no cargo desde 2010. Ela, que é professora da Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas, foi uma das principais colaboradoras na campanha de Zago durante o ano passado.

Ao final da reunião, o novo reitor da USP disse que as contratações de pessoal e início de obras estão interrompidas até março. "Temos que ir remodelando e fazendo intervenções necessárias na questão dos gastos. Temos dificuldades, mas nada exagerado”, afirmou Zago.

Mais conteúdo sobre:
zago nova reitoria reitor da usp

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.