No Amazonas, fim das caminhadas para assistir aula

Sistema de ensino via satélite beneficia 30 mil alunos de 400 comunidades

Liège Albuquerque, O Estado de S. Paulo

14 Março 2011 | 10h32

A maioria dos 30 mil alunos de 400 comunidades dos 62 municípios do Amazonas beneficiados pelo sistema de ensino via satélite assiste agora às aulas perto de casa, sem mais precisar caminhar quilômetros para estudar na sede dos municípios onde moram ou mudar para a capital.

 

Segundo o coordenador de Ensino a Distância da Secretaria Estadual de Educação, José Augusto de Melo Neto, as aulas em videoconferência vão do 6º ano do fundamental ao último do ensino médio.

 

E os resultados já aparecem: “O Amazonas subiu do 27º para o 20º lugar no ranking do Ideb, alcançando o maior crescimento real (21,74%) na Educação entre todos os Estados”.

 

Leia também:

 

- Estados do Norte e Nordeste aderem a ensino por satélite

- Tecnologia chega antes de celular em vilarejo baiano

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.