Negros são tema da Unesp na última prova

A Universidade Estadual Paulista (Unesp) encerrou nesta terça-feira o seu vestibular de meio de ano com a realização da prova de língua portuguesa e redação. O índice de abstenção foi o mesmo de segunda-feira (5,7%).Composto por dez questões discursivas, o exame apresentou o negro como tema e foi elogiado pela professora Elizabeth Massaranduba, do Curso Objetivo. "A prova teve excelente nível, com textos muito bem escolhidos e questões pertinentes."Para a professora Célia Passoni, coordenadora de português do Etapa Vestibulares, o candidato precisou de uma boa capacidade de leitura. Foram apresentados trechos das obras de Castro Alves (Navio Negreiro), Aluísio Azevedo (O Mulato), Gilberto Freyre (Casa-grande & Senzala) e Paulo Lins (Cidade de Deus).Na redação, os vestibulandos deveriam fazer uma dissertação sobre o sistema de cotas para negros nas universidades brasileiras, utilizando três textos como apoio.A professora do Curso Objetivo considerou o tema um pouco obsoleto. "Atualmente, a discussão é maior sobre as cotas para pessoas de classes baixas e não mais somente para os negros."A relação dos aprovados no vestibular da Unesp será divulgada no dia 24. As matrículas ocorrem nos dias 28 e 29. Para os candidatos da lista de espera, a matrícula será realizada no dia 30.confira as questões resolvidas e comentadas

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.