DANIEL TEIXEIRA/ESTADAO
DANIEL TEIXEIRA/ESTADAO

Nº 1 na redação do Enem em SP, Vital Brazil tem aula em tempo integral

Alunos leem livros em sala para ampliar repertório; atualidades entram na pauta de aulas de História e Geografia

Luiz Fernando Toledo, O Estado da S. Paulo

04 Outubro 2016 | 11h00

O Colégio Vital Brazil obteve o melhor desempenho em Redação entre as escolas da cidade de São Paulo. O colégio ficou com a nota 830,7. No Estado, é o segundo melhor colégio neste quesito, logo depois da Seb Coc, de Ribeirão Preto. 

A unidade, localizada no Butantã, zona oeste da capital, se destaca por oferecer jornada de tempo integral aos alunos. Em Língua Portuguesa, por exemplo, são oito aulas semanais. "A ideia é que o aluno não precise fazer cursinho para passar no vestibular", diz a diretora do Vital Brazil, Suely Corradini. 

RANKING: Veja aqui a lista geral das escolas de acordo com a nota no Enem

Além do reforço no horário, os alunos têm contato com um ambiente de debates e leituras desde o ensino fundamental. Conhecimentos de atualidades são passados de forma interdisciplinar, nas aulas de História ou Geografia, por exemplo. 

Nas aulas de Redação, os alunos precisam ler livros em sala, como forma de ampliar o repertório. 

Também são realizadas aulas temáticas, com convidados. No primeiro trimestre deste ano, por exemplo, a deputada Mara Gabrilli foi convidada para falar sobre acessibilidade. No 2º trimestre, um advogado da Organização das Nações Unidas (ONU) falou sobre a questão dos refugiados no mundo. "Damos formas de o aluno ampliar seu repertório o tempo todo", diz o professor de Língua Portuguesa e Redação Tiago Gomes. 

A estudante Laura Gomes, de 17 anos e aluna do 3º ano do ensino médio, lembra que o colégio utiliza conteúdo multimídia para passar diferentes conhecimentos. "Discutimos temas na aula, assistimos a palestras, ouvimos músicas e também vemos filmes", conta.

Já a estudante Thaisa Gonzalez, de 17 anos e também aluna do 3º ano, que teve a nota máxima em redação no Enem do ano passado, diz que muitos temas são discutidos na sala de aula, preparando os estudantes para praticamente qualquer redação. No ano passado, quando o tema foi a violência contra a mulher, ela disse já ter discutido o assunto em sala. "Nesse ano, espero que seja intolerância, um assunto que debatemos muito". 

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.