Museu do Futebol reúne acadêmicos fãs do esporte

Simpósio terá sociólogos e historiadores que já produziram trabalhos acadêmicos sobre o esporte

Carolina Stanisci, Especial para o Estadão.edu

06 de maio de 2010 | 12h38

O Museu do Futebol, em parceria com a Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas da USP e a  PUC-SP, organiza o 1º Simpósio de Estudos sobre Futebol, entre os dias 10 e 14 de maio. O evento terá uma série de palestras e mesas-redondas, com a presença de sociólogos e historiadores que já escreveram sobre o esporte. 

 

De acordo com a coordenadora do Núcleo de Documentação, Pesquisa e Exposições do Museu, Daniela Alfonsi, a realização do simpósio foi uma sugestão do professor de história da USP Flavio de Campos, encampada pelo Museu. "É do nosso interesse fazer essa ponte com a academia."

 

A conferência de abertura, na USP, será realizada pelo antropólogo Roberto Da Matta, pioneiro que abriu caminho para gerações de pesquisadores ao falar sobre o futebol na academia. As mesas-redondas terão a presença de sociólogos como Fátima Antunes e Bernardo Borges Buarque de Holanda. Buarque de Holanda é autor de "O Descobrimento do Futebol: Modernismo, Regionalismo e Paixão Esportiva em José Lins do Rego", em que esmiúça a consolidação da categoria no País, entre as décadas de 1930 e 1950.

 

O encerramento, no Museu, terá palestra do historiador Hilário Franco Jr. e do professor de literatura da USP José Miguel Wisnik. "Não quisemos chamar nenhum jornalista famoso, pois queríamos que o simpósio fosse bem acadêmico."

 

Pesquisadores anônimos também terão seu espaço. A comissão organizadora escolheu 145 trabalhos acadêmicos  - desde iniciações científicas até pós-doutorados - entre quase 200 de todo o País. Os textos discorrem sobre assuntos ligados ao esporte de algum modo - as relações que o futebol estabelece com questões de raça, gênero e orientação sexual, por exemplo, ou com as artes, o cinema e a literatura - serão apresentadas pelos próprios autores no decorrer do evento.

 

Sem ingressos

Segundo os organizadores, não há mais ingressos para assistir ao simpósio. "Divulgamos bastante no site do Museu", justifica Daniela. Dependendo da repercussão, conta ela, o próximo encontro de acadêmicos apaixonados por futebol talvez só aconteça na Copa do Mundo de 2014. "Precisamos dar um tempo para a produção acadêmica se renovar." 

 

Mais informações: http://www.museudofutebol.org.br/

Telefone: (11) 3663-3848

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.