MP diz que vai investigar 'rodeio de gordas'

Órgão vai apurar brincadeira ocorrida em festa de universitários da Unesp

Estadão.edu,

27 Outubro 2010 | 12h36

O Ministério Público Estadual decidiu nesta quarta-feira, 27, instaurar processo para apurar os fatos ocorridos durante os jogos universitários InterUnesp, em Araraquara, entre os dias 10 e 13 de outubro. A promotora Noemi Correa, do MPE de Araraquara, entrou na manhã de hoje com inquérito civil para esclarecer os fatos ocorridos numa brincadeira batizada de 'rodeio das gordas'. 

 

Mais cedo a Unesp informou que a instituição irá apurar o que houve no evento esportivo e cultural, que reuniu 15 mil universitários de 23 câmpus da Unesp e onde teria acontecido a agressão contra alunas obesas . Segundo estudantes, um grupo de cerca de 50 alunos realizou uma “competição” que consistia em agarrar colegas, de preferências as obesas, e tentar simular um rodeio, tentando permanecer o maior tempo possível sobre elas 

Em nota, a Unesp afirma que contará com a colaboração de sua Assessoria Jurídica para esclarecer o caso e que repudia práticas de desrespeito entre membro de sua comunidade acadêmica. A instituição acrescenta que, “a fim de assegurar o cumprimento da lei e das disposições do Estatuto da Universidade, inclusive no que se refere à preservação do direito de defesa dos envolvidos, a administração não se pronuncia sobre procedimentos administrativos desse tipo durante o andamento de seus trabalhos”.

Estudantes protestaram nas paredes de alguns câmpus da Unesp fazendo referências à Uniban, onde ocorreu o caso de agressão à ex-aluna de Turismo Geisy Arruda.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.