Morre Murillo Marx, professor da FAU-USP

O professor foi velado no edifício da FAU da rua Maranhão e enterrado na tarde deste sábado

Rinaldo Gama, O Estado de S. Paulo

16 Abril 2011 | 22h06

A Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da Universidade de São Paulo (FAU-USP) comunicou neste sábado, 16, a morte do professor Murillo Marx, do Departamento de História da Arquitetura e Estética do Projeto. Marx foi velado no edifício da FAU da rua Maranhão e enterrado na tarde deste sábado no cemitério da Consolação.

 

Autor de Nosso Chão: Do Sagrado ao Profano (Edusp), entre outros trabalhos, Murillo de Azevedo Marx ocupou vários cargos públicos: foi diretor do Instituto de Estudos Brasileiros (IEB) e do Museu de Arqueologia e Etnologia, ambos da USP, e também do Departamento do Patrimônio Histórico (DPH); vice-presidente do Condephaat; e conselheiro do Museu da Casa Brasileira e da Pinacoteca do Estado. Foi, ainda, colaborador do Conselho Nacional de Arquivo.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.