Moda ganha um instituto no ano que vem

A Abit (Associação Brasileira da Indústria Têxtil e de Confecção) acaba de firmar parceria com o Masp (Museu de Arte de São Paulo) para criar o Instituto da Moda. A idéia é promover a cultura de moda englobando criação, gestão, marketing e tecnologia. O projeto exigirá investimentos de R$ 6 milhões - ainda não há patrocínios - e funcionará na Galeria Prestes Maia, no centro de São Paulo. A inauguração está prevista para o segundo semestre de 2003.O instituto contará com biblioteca, salas de aula, auditório, espaço para eventos e o primeiro Museu da Moda Brasileiro, utilizando parte do acervo de vestuário que já existe no Masp. O instituto oferecerá de extensão e de pós-graduação em Moda, além de programas de educação continuado e profissional sobre setor. Os R$ 6 milhões serão divididos entre implantação do projeto e na adequação das instalações da galeria.A intenção da Abit e do Masp é disseminar a educação e a cultura de moda, e também contribuir com o processo de revitalização do Centro de São Paulo. O Instituto da Moda foi lançado há pouco durante evento na sede da Abit, com a participação do presidente do Masp, Julio Neves, e do presidente da Abit, Paulo Skaf. O projeto conta ainda com o apoio da Prefeitura de São Paulo, proprietária da galeria, e que deverá investir R$ 500 mil na reforma do espaço. "Queremos mostrar que moda é cultura. A relação com o Masp reforça essa idéia", afirmou Skaf.

Agencia Estado,

11 de dezembro de 2002 | 12h27

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.