André Dusek/Estadão
André Dusek/Estadão

Ministros assinam portaria que regulariza Canal da Educação

Para Ricardo Berzoini (Comunicações) e Renato Janine Ribeiro (Educação), levar banda larga para escolas é objetivo a ser buscado

Eduardo Rodrigues , O Estado de S. Paulo

14 Maio 2015 | 15h36

BRASÍLIA - Os ministros das Comunicações, Ricardo Berzoini, e da Educação, Renato Janine Ribeiro, assinaram nesta quinta-feira, 14, a portaria interministerial que regulamenta o Canal da Educação, um canal de TV digital gerido pelo MEC. Ambos os ministros disseram que levar a banda larga para as escolas, no entanto, ainda é um objetivo a ser buscado.

O ministro Janine Ribeiro destacou a parceria com a pasta de Berzoini e lembrou que o governo atual escolheu como lema "Brasil - Pátria Educadora". "Termos regiões sem acesso a comunicações é uma mancha que tem que ser superada. A falta de banda larga em algumas áreas do País é muito prejudicial à educação. Queremos desenvolver também a banda larga junto com o Ministério das Comunicações", afirmou. 


Para Berzoini, a assinatura da portaria assegura que a Educação terá um canal gratuito na TV Digital. "No espectro magnético da TV Digital teremos conteúdo educativo de qualidade que possibilitará a utilização pedagógica em todo o Brasil", ressaltou. 

O ministro disse ainda que um dos objetivos do ministério é fazer com que todas as escolas no País passem a ter acesso à banda larga em velocidades rápidas por meio do Programa Banda Larga para Todos, que ainda será lançado pelo governo. 

"Há setores no Brasil que tem internet da mesma qualidade da Europa ou dos Estados Unidos, enquanto outros têm internet de baixa qualidade ou nem têm esse direito. Que tenhamos um mercado privado que invista e que vão atrás de seus interesses privados, mas precisamos de políticas públicas que garantam esse direito a todos", completou Berzoini. 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.