Ministério da Educação prorroga inscrições ao ProUni

As inscrições para a segunda fase do Programa Universidade para Todos (ProUni), que seriam encerradas nesta sexta-feira, foram prorrogadas até 5 de janeiro de 2005. O programa oferece as últimas 47.434 bolsas de estudos. No total, serão 112.416 bolsistas.Quem não foi selecionado na primeira fase pode mudar as opções de cursos na ficha de inscrição na página do ProUni. Assim, pode voltar a concorrer a uma das vagas remanescentes. Para participar, é necessário ter feito o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) em 2002, 2003 ou 2004.Entre as razões do MEC para a prorrogação, o secretário executivo do Ministério da Educação, Fernando Haddad apontou a baixa demanda de procura por bolsas parciais de 50%, especialmente entre afrodescendentes e indígenas. Nesse grupo, para as 14 mil bolsas parciais oferecidas há apenas cerca de quatro mil inscritos. Outra razão é que, aproximadamente, um quarto das inscrições da primeira fase foi feito no último dia. Como o último dia da segunda etapa seria hoje, véspera de feriado, muitos alunos poderiam ser prejudicados.Além de prorrogar as inscrições até 5 de janeiro, Fernando Haddad informou que o MEC estuda a possibilidade de oferecer ao aluno selecionado no ProUni, mas que não puder arcar nem com 50% da mensalidade, acesso ao Financiamento Estudantil (Fies).Os candidatos devem se inscrever no site www.mec.gov.br/prouni. Os resultados serão divulgados no dia 3 de janeiro.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.