Ministério da Educação pretende alfabetizar 100 mil servidores

O Ministério da Educação e a Federação dos Sindicatos dos Servidores Públicos no Estado de São Paulo irão assinar, no dia 13, um convênio para alfabetizar 100 mil servidores do Estado até 2006. O projeto receberá recursos do ministério e terá início na capital, onde 37 mil servidores são analfabetos. Em todo o Estado, o número chega a 170 mil. Professores serão contratados especialmente para o projeto, que terá mais quatro etapas.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.