Minha biblioteca: Jean Wyllis

Ex-BBB, jornalista e escritor eleito deputado federal (PSOL-RJ) comenta suas obras prediletas

31 Janeiro 2011 | 21h50

Essa terra

Antônio Torres

 

É uma ficção sobre a migração nordestina em busca do eldorado, a brutalidade da pobreza e a crise de identidade cultural. Li aos 12 anos e considero meu conterrâneo de Alagoinhas (BA) um dos melhores autores brasileiros na ativa.

 

 

Morangos mofados

Caio Fernando Abreu

 

Ganhei de presente de uma professora aos 17 anos e fui tocado pelos contos eivados de MPB, homoerotismo e culpa cristã. A identificação foi imediata, sobretudo por sermos gays, amantes de música, TV e Clarice Lispector.

 

 

A doença como metáfora

Susan Sontag

 

Aos meus 20 anos, a aids era uma sentença de morte, tratada como castigo divino contra homossexuais. Este livro libertou meu pensamento. Mostrou que algumas metáforas devem ser evitadas.

 

 

O evangelho segundo Jesus Cristo

José Saramago

 

Li tudo de Saramago. Depois desta obra, nunca fui cristão como antes. É um monumento literário que desnuda a mentalidade forjada pela religião e os danos causados por ela.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.