Melhores notas no Enade dão direito a bolsas de estudos

O Ministério da Educação vai premiar, com bolsas de estudos, os 50 alunos que tiraram as melhores notas nas 20 áreas do conhecimento que participaram, em 2005, do Exame Nacional de Desempenho dos Estudantes (Enade). Eles vão ganhar bolsas de R$ 940,00 para cursar mestrado, ou de R$ 1.394,00 para fazer doutorado.Para receber a bolsa, o aluno precisa apresentar à Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes/MEC) dois documentos: comprovante de aprovação em programa de pós-graduação, stricto sensu, reconhecido pelo MEC e cópia do boletim de desempenho do Enade 2005, emitido pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep/MEC). Das instituições de ensino superior que tiveram alunos com as melhores notas no Enade 2005, 18 são federais, nove particulares e cinco são estaduais, além do Instituto Militar de Engenharia e do Instituto Tecnológico da Aeronáutica. Quatro universidades federais - UFRJ, UFSC, UFPR e UFSCar - se destacaram pelas boas notas dos alunos em três cursos. Alunos da UFRJ obtiveram as melhores notas nos cursos de biologia, engenharia metalúrgica e fundição e física; da UFSC, em engenharia sanitária, engenharia e engenharia mecânica; da UFPR, em engenharia bioquímica e biotecnologia, engenharia industrial madeireira e engenharia florestal; na UFSCar, em engenharia de computação, física e engenharia de produção.Em 2005, na segunda edição, o Enade avaliou cerca de oito mil cursos nas áreas de arquitetura e urbanismo, biologia, ciências sociais, computação, filosofia, física, geografia, história, letras, matemática, pedagogia, química e oito grupos das engenharias. Participaram 344.501 alunos, dos quais 153.133 estavam no último ano do curso e 191.368 cursavam o primeiro ano. Na primeira edição do exame, em 2004, a Capes deu bolsas de estudos aos 13 alunos melhor avaliados.

Agencia Estado,

09 de outubro de 2006 | 14h59

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.