MEC suspende ingressso de novos estudantes em duas faculdades de Brasília

Faculdade da Terra e Unisaber, dos mesmos donos, têm indícios de problemas financeiros e administrativos

Solange Spigliatti, do estadão.com.br

29 Julho 2010 | 13h46

SÃO PAULO - A Secretária de Educação Superior (Sesu), ligada ao Ministério da Educação (MEC), suspendeu o ingresso de novos estudantes em duas faculdades em Brasília pertencentes aos mesmos donos, segundo portaria publicada nesta quinta-feira, 29, no Diário Oficial da União.

De acordo com o decreto, estão suspensos "qualquer forma de ingresso, incluindo vestibulares, transferências e outros processos seletivos já realizados ou em andamento" nas Faculdades Integradas da Terra de Brasília (FTB) e na Faculdade AD1 - Unisaber. O início das aulas de novas turmas no segundo semestre também foi suspenso.

As faculdades tiveram a permissão de novos ingressos suspensa após os prédios serem lacrados por um oficial de Justiça. Dessa forma, segundo o decreto, estaria inviabilizada a continuidade das atividades acadêmicas.

Além disso, as instituições apresentam "indícios de problemas financeiros e administrativos capazes de prejudicar a plena e adequada continuidade das atividades acadêmicas e também de risco iminente à formação de novos alunos".

Pós-graduação

A Faculdade João Calvino - FJC também será notificada por causa da oferta de cursos de pós-graduação lato sensu de forma irregular pela instituição, segundo decreto publicado nesta quinta no Diário Oficial.

Será instaurado um processo administrativo para aplicação de penalidade prevista no Artigo 52 do Decreto nº 5.773/2006. A instituição tem um prazo de 15 dias contados do recebimento da notificação para apresentar defesa.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.