MEC reabre Financiamento Estudantil

O Ministério da Educação abriu nesta semana o calendário do Financiamento Estudantil (Fies). O recadastramento de instituições vai até o dia 11 de julho e as novas adesões poderão ser feitas a partir do dia 30 deste mês. Para os estudantes, o prazo de inscrições vai de 21 de julho a 22 de agosto.Por meio do Fies, o Ministério da Educação financia, atualmente, 70 mil estudantes de universidades particulares. O aluno beneficiado tem financiamento de até 70% do valor das mensalidades, com juros fixos de 9% ao ano ou 0,72% ao mês.O recadastramento, a adesão de instituições e as inscrições dos estudantes devem ser feitas pela internet, nos sites www.mec.gov.br ou www.caixa.gov.br.A Caixa Econômica Federal é o agente operador e financeiro do sistema, enquanto o MEC é o formulador da política e o supervisor da execução do programa de financiamento.SocialDe acordo com o diretor do Fies, Antônio Leonel da Silva Cunha, o programa não tem conotação apenas financeira, mas características sociais. "Na seleção dos alunos, haverá maiores oportunidades para pretendentes a cursos de licenciatura, para egressos da escola pública e para professor-aluno", explicou.O incentivo maior para quem buscar a licenciatura tem por objetivo sanar a escassez de professores na educação básica e média. O fato de ser egresso de escola pública será critério de desempate de candidatos.O Fies arcará com mensalidades que somam R$ 140 milhões, de 70 mil estudantes matriculados no segundo semestre deste ano. No último processo, 148.101 estudantes se inscreveram no Fies; dos quais 35.253 foram selecionados e se beneficiaram do financiamento.Existem hoje 1.370 instituições cadastradas no programa. Desde o lançamento, o Fies financiou 218.913 universitários.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.