Daniel Teixeira/Estadão
Daniel Teixeira/Estadão

MEC prorroga inscrições no Sisu até domingo

Sistema receberia inscrições até esta sexta-feira, 27, mas candidatos relatam dificuldade em acessá-lo

Isabela Palhares, O Estado de S. Paulo

26 Janeiro 2017 | 18h57

SÃO PAULO - O Ministério da Educação (MEC) informou que vai prorrogar o prazo das inscrições no Sistema de Seleção Unificada (Sisu) até domingo, 29. O prazo iria encerrar nesta sexta-feira, 27, mas muitos candidatos relatavam dificuldades em efetuar a inscrição. 

O Sisu é utilizado para selecionar candidatos para 238.397 vagas de graduação em 131 instituições públicas, por meio do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). O sistema foi aberto na terça-feira, 24, e, desde então, muitos candidatos reclamavam não conseguir acessá-lo. 

"Em atenção aos estudantes, que manifestaram o pedido, e em virtude das dificuldades de acesso ao Sisu nos primeiros dias, o MEC decidiu prorrogar o prazo de inscrições em 48 horas", disse em nota.

As inscrições seguem até as 23h59 do domingo. O resultado está mantido para a segunda-feira, 30. 

Segundo a pasta, foi identificado que cerca de 700 candidatos tinham notas na base de dados do Enem que registravam participação na primeira e na segunda aplicação do Exame. "As inconsistências encontradas no sistema, que dificultavam o acesso de candidatos das primeira e segunda aplicações, foram sanadas", informou o ministério. 

O MEC informou que até as 18h desta quinta-feira, foram registrados mais de 2 milhões de inscritos e 4 milhões de inscrições - cada candidato pode escolher até duas opções de curso. "O único critério para a aprovação é a nota do Enem. Não importa o dia que o candidato faça a inscrição", assegurou o ministério.

Recomendação. Nesta quinta-feira, 26, o Ministério Público Federal no Espírito Santo (MPF/ES) já havia recomendado ao MEC que prorroguasse o prazo de inscrições por igual período ao tempo em que o site esteve indisponível. 

A procuradora regional dos Direitos do Cidadão, Elisandra de Olímpio, deu prazo de 24 horas para que o MEC envie informações quanto ao atendimento da recomendação. Para ela, a medida visa evitar prejuízos aos candidatos que não conseguiram acessar o site quando as inscrições começaram. 

“Considerando que o Sisu, na atualidade, é utilizado como critério de seleção para diversas instituições de ensino superior, em especial as universidades federais, sendo, inclusive, utilizado como critério substitutivo ao vestibular, e que o MEC, quando consultado, disse que está adotando medidas para solucionar o problema de acesso ao sistema, mas sem notícias sobre a prorrogação do prazo, entendemos por bem enviar a recomendação para que ninguém saia prejudicado”, disse a procuradora.

Ocupações. A segunda aplicação do Enem ocorreu em dezembro após o exame ser adiado em escolas que estavam ocupadas na data oficial do exame, em 5 e 6 de novembro. A nova prova foi aplicada em 166 municípios para 277.624 pessoas.

Os estudantes ocuparam os prédios escolares em protesto contra Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 241, que estabelece um teto para os gastos públicos, incluindo saúde e educação, e a proposta de reforma do ensino médio, entre outros pontos.

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.