MEC promete escola fundamental em tempo integral até 2010

O ministro da Educação, Cristovam Buarque, garantiu nesta terça-feira que até 2010 as escolas públicas do ensino fundamental terão turno integral. Já os alunos do ensino médio, deverão freqüentar escola durante todo o dia a partir de 2015, se a meta do atual governo forexecutada.Para Cristovam, o Projeto Segundo Tempo, desenvolvido em parceria com o Ministério dos Esportes, já é um ?piloto? para o turno integral. ?Não é completa a escola que oferece quatro horas de aula por dia?, criticou o ministro, durante cerimônia de assinatura de convênio com o ministro dos Esportes, Agnelo Queiroz.Complementação de estudosPara Cristovam, as escolas devem oferecer cultura e complementação de estudos aos alunos, além de atividades esportivas. O ministro, tido como umdos maiores chorões por recursos da Esplanada, aposta que a escola integral é um ?projeto que vai dar para fazer sim?, mesmo sem verbas extraordinárias, utilizando criatividade e os recursos disponíveis.Um exemplo, disse, é a união dos recursos dos ministérios da Educação e do Esporte para desenvolver o programa Segundo Tempo. O projeto já funciona em 543 escolas públicas urbanas em áreas de risco social. Segundo o ministro, 146 mil alunos já permanecem na escola, alémdo horário regulamentar, pelo período da tarde em que recebem reforço alimentar e treinamento esportivo.O ministro Agnelo informou que o Ministério do Esporte investirá ainda neste ano R$ 11 milhões no programa e, para o próximo, projeta-se cerca de R$ 40 milhões. Ele observa que os ministérios de Segurança Alimentar e o da Justiça também participam do projeto dando, respectivamente, merenda e material esportivo aos alunos.UniformeO Diário Oficial publica nesta quarta edital de licitação para contratar empresas que fabricarão os 500 mil kits de uniformes para alunos da 1.ª a 8.ª série.Cada aluno receberá camiseta, bermuda ou saia, meias, calçados, mochilas para ir às escolas, além de camiseta regata, calcão ou bermuda bailarina para usar nas aulas de educação física.O ministro Cristovam considera o uniforme fundamental para igualar os alunos e fazer com que eles se identifiquem pelo menos nas roupas.

Agencia Estado,

18 de novembro de 2003 | 19h57

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.