DIDA SAMPAIO/ESTADAO
DIDA SAMPAIO/ESTADAO

MEC libera R$ 119 mi para regularizar fluxo do Pronatec

Ministério não informou, porém, quais meses serão cobertos com o valor nem o número de instituições contempladas com o pagamento

Luci Ribeiro, O Estado de S. Paulo

19 Fevereiro 2015 | 14h25

BRASÍLIA - O Ministério da Educação (MEC) informou nesta quinta-feira, 19, por meio de nota, que o governo liberou R$ 119 milhões para regularizar o fluxo de pagamento referente às mensalidades de 2014 para instituições privadas que participam do Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec), uma das principais bandeiras eleitorais da presidente Dilma Rousseff (PT). O documento não informa, no entanto, quais meses serão cobertos com o valor nem o número de instituições contempladas.  

De acordo com reportagem publicada nesta quinta-feira pelo jornal Folha de S.Paulo, desde outubro o governo federal não paga cerca de 500 escolas privadas que ministram aulas do programa. 

O MEC esclarece que as instituições privadas representam cerca de 7% das matrículas totais do programa e que o pagamento dos valores é realizado em parcelas, a partir do registro de frequência do beneficiário no Sistema Nacional de Informações da Educação Profissional e Tecnológica (Sistec) pela instituição e da confirmação pelo próprio aluno, com senha pessoal e intransferível.

"Atualmente, não há previsão de alteração na forma de repasse, considerando que a introdução da confirmação de frequência pelo estudante foi uma inovação que tornou o processo mais transparente e seguro", citou a nota. 

No ano passado, o Pronatec registrou cerca de 440 mil matrículas e foram repassados cerca de R$ 640 milhões a instituições privadas, de acordo com o MEC.

Mais conteúdo sobre:
Pronatec

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.