MEC investiga seis faculdades suspeitas de descumprir condições do ProUni

Segundo o Diário Oficial da União, instituições terão um prazo de 10 dias para manifestar-se

Priscila Trindade, do estadão.com.br

27 Agosto 2010 | 18h02

SÃO PAULO - A Secretaria de Educação Superior (Sesu), ligada ao Ministério da Educação (MEC), instaurou um processo administrativo para apurar o possível descumprimento das condições estabelecidas no Programa Universidade Para Todos (ProUni) em seis faculdades do País. As portarias foram publicadas nesta sexta-feira, 27, no Diário Oficial da União.

Segundo o Diário Oficial, as faculdades terão o prazo de 10 dias para manifestar-se ao MEC.

As instituições investigadas são: Faculdade Primavera, mantida pelo Centro de Ensino Superior de Primavera, em São Paulo; Faculdade de Ciências e Educação do Espírito Santo, da Unidade Educacional de Ensino, Pesquisa e Extensão do Espírito Santo (Unives); Faculdade de Ciências Humanas e Sociais de Igarassu, da Associação Igarassuense de Educação e Cultura, em Pernambuco; Faculdade de Olinda, da Associação Olindense Dom Vital de Ensino Superior, em Pernambuco; Faculdade José Lacerda Filho de Ciências Aplicadas, da Associação Vale do Ipojuca de Educação, Ciência e Cultura, em Pernambuco; e Faculdade Octógono, do Instituto Octógono de Ensino Superior, em São Paulo.

Mais conteúdo sobre:
MEC ProUni Diário Oficial da União

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.