MEC divulga primeira chamada do Sisutec

Lista pode ser consultada no site do Ministério da Educação; os selecionados têm até esta sexta, 28, para fazer a matrícula

O Estado de S. Paulo

25 Março 2014 | 11h54

Candidatos inscritos no Sistema de Seleção Unificada da Educação Profissional e Tecnológica (Sisutec) já podem consultar online o resultado da primeira chamada, divulgado nesta terça-feira, 25. Os selecionados têm dos dias 26 a 28 de março para realizar a matrícula, informa o Ministério da Educação (MEC). A lista pode ser consultada no site sisutec.mec.gov.br.

A primeira edição de 2014 do Sisutec registrou 1.016.211 inscrições. O total de inscritos chegou a 527.730 - cada candidato pode fazer até duas opções de curso. O Estado do Rio de Janeiro liderou as inscrições com 111.282, seguido de Minas Gerais com 100.738 inscrições. São Paulo aparece em terceiro lugar, com 88.586 inscrições.

A primeira edição de 2014 do Sisutec ofereceu 293.738 vagas em cursos técnicos subsequentes, para pretendentes que já concluíram o ensino médio. Os cursos são gratuitos e têm início previsto para o período de 14 de abril a 12 de maio.

As vagas para os cursos serão ocupadas, prioritariamente, por estudantes que tenham cursado o ensino médio completo em escolas da rede pública ou, se em instituições privadas, na condição de bolsista integral. O aluno também deverá ter se submetido à edição do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) referente a 2013 e, também, ter obtido nota acima de zero na prova de redação.

A divulgação dos resultados da segunda chamada deve ocorrer em 1º de abril, segundo MEC. Após a realização das duas chamadas, todos aqueles que tenham concluído o ensino médio poderão se candidatar às vagas remanescentes.

A oferta de cursos do Sisutec é feita em instituições públicas e privadas. O Pronatec já ofereceu mais de 6 milhões de matrículas, sendo 1,7 milhão em cursos técnicos e 4,3 milhões em cursos de qualificação profissional.

Mais conteúdo sobre:
sisutec MEC

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.