MEC descredencia 198 polos de cursos a distância da Ulbra

A Universidade Luterana do Brasil (Ulbra), com sede no Rio Grande do Sul, terá que encerrar as atividades de 198 polos de ensino a distância até 31 de dezembro. A determinação do Ministério da Educação (MEC) foi publicada nesta quinta-feira, 8, no Diário Oficial da União.

Agência Brasil

08 Setembro 2011 | 18h34

Segundo a decisão, os alunos assistidos por esses polos deverão ser transferido para os 81 restantes ou para outras instituições de ensino superior credenciadas pelo ministério. De acordo com o ministério, o descredenciamento foi feito a pedido da instituição, que alega não ter a infraestrutura adequada para a oferta de ensino em um número tão grande de polos.

A instituição já estava sob supervisão do MEC. Em maio, secretário de Ensino Superior da pasta, Luiz Cláudio Costa , anunciou que a Ulbra sofreria um drástico corte de vagas nos cursos a distância em função das irregularidades na oferta identificada pela pasta.

A universidade tem 15 dias para encaminhar ao ministério uma lista dos estudantes que estão vinculados aos polos que serão fechados, com informações sobre o semestre e a graduação cursada. A instituição foi procurada pela Agência Brasil, mas não respondeu até a publicação desta matéria.

Mais conteúdo sobre:
EADMECUlbraEducação

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.