MEC arquiva pedido de investigação sobre a Uniban

Assessoria do ministério diz que a volta de Geisy será acompanhada atentamente

Priscila Trindade, da Central de Notícias,

10 Novembro 2009 | 14h41

O Ministério da Educação (MEC) decidiu nesta terça-feira, 10, arquivar o pedido de explicações à Universidade Bandeirante (Uniban) sobre a expulsão da aluna de turismo Geisy Arruda, de 20 anos. A jovem foi hostilizada e xingada por diversos alunos no último dia 22, no câmpus de São Bernardo, por usar um vestido curto.   Assessores desaconselharam punição   Embora o ministério considere a expulsão um "episódio superado", a assessoria de imprensa do órgão destacou que o MEC "acompanhará atentamente o processo de reinserção da aluna no corpo de estudantes da instituição".   A decisão do MEC foi tomada após a Uniban ter revogado o desligamento de Geisy. O caso ganhou destaque na imprensa nacional e internacional. ONGs, movimentos sociais e sindicais criticaram a posição da universidade.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.