MEC apresentará proposta de piso de R$ 850 para professores

O Ministério da Educação vai apresentar na sexta-feira, 30, ao Congresso Nacional um projeto de lei que prevê piso de R$ 850 para professores em todo o País.Em entrevista concedida à reportagem da Rádio Jovem Pan de São Paulo, o ministro da Educação, Fernando Haddad, informou que 55% dos professores ganham menos do que o valor previsto. "Vamos beneficiar mais da metade de todos os professores no País. Ao longo do tempo, prefeitos e governadores vão ter que procurar adequar os seus planos de carreira a essa nova realidade", considerou.De acordo com o ministro, sempre haverá "interesses conflitantes" em relação ao valor, o que ele considera positivo. No entanto, ressaltou que os recursos do governo federal vão garantir a manutenção do piso nas cidades mais carentes do Brasil."Os trabalhadores estão no seu papel e o professor está no seu papel de defender uma remuneração mais digna pela função que exerce. Já o poder público tem os seus limites orçamentários, que também precisam ser respeitados."

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.