MEC admite que pode 'tomar providências' sobre locais de prova do Enem

Anteriormente, Inep informou que não haveria mudança sob 'nenhuma hipótese'

Larissa Linder, especial para o Estadão.edu, Estadão.edu

25 Outubro 2010 | 19h39

O Ministério da Educação (MEC) publicou nesta segunda-feira, 25, na internet, os locais de prova dos inscritos no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). Apesar de informar que não recebeu reclamações quanto aos locais, como aconteceu no ano passado, alguns candidatos terão de se deslocar até 30 km de casa para fazer o Enem. No ato da inscrição, os candidatos podiam escolher apenas o município para realizar a prova, sem definir região.

 

Bianca Boldrin, de 17 anos, que vai tentar vestibular para Direito, terá de sair de sua casa, no Limão, zona norte de São Paulo, e ir até o Jardim Santa Cruz, na zona sul. De carro, o percurso de cerca de 30 km demoraria, em média, 40 minutos.

 

Como o Inep recomenda que o candidato chegue no local da prova com uma hora de antecedência, os que fazem prova longe têm de ter um planejamento maior. “Meu marido, que vai levar a Bianca de carro, teria que sair de casa às 10h, para chegar lá a tempo de almoçar por perto”, diz a mãe da candidata, Rita de Cássia Boldrin. “Além do transtorno, acaba sendo cansativo para os candidatos."

 

O aluno do cursinho Etapa Leandro Alves, de 19 anos, que mora em Pirituba, na zona oeste da capital paulista, terá que prestar o exame na Vila Carrão, zona leste. “Se eu for de transporte público, vou demorar 2 horas e 50 minutos para percorrer os 26 km, pelo que diz o site da SPTrans. É longe demais, não faz sentido."

 

Em nota oficial divulgada pela assessoria do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais (Inep), órgão do ministério que organiza o exame, o MEC reconhece que “pode haver problemas pontuais, principalmente em São Paulo, devido às distâncias e ao tamanho das regiões". De acordo com o texto, o ministério "tomará providências" caso apareçam reclamações recorrentes.

 

Na semana passada, porém, o Inep divulgou um guia para tirar dúvidas sobre o exame, no qual  informava não ser possível alterar o endereço de prova em "nenhuma hipótese".

 

Segundo a assessoria, estudantes com dúvidas ou reclamações podem entrar em contato pelo telefone 0800-616161, das 8h às 20h, todos os dias.

 

Em 2009, ocorreu o mesmo problema com locais de prova distantes. De acordo com reportagens do Estado, alguns inscritos tiveram que se deslocar até 50 km para realizar os testes. Após reclamações, o MEC resolveu mudar locais de prova, e fez alterações mesmo para quem não havia solicitado.

Mais conteúdo sobre:
MEC Enem locais prova reclamações

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.