MATERIAIS DIDÁTICOS

Nas duas aulas de geografia a que assistimos não havia mapas nem globo à disposição. As bibliotecas das escolas que visitamos estavam, salvo uma exceção, todas trancadas. Embora física, química e biologia façam parte do currículo básico, as escolas raramente têm laboratórios com pias ou recursos específicos para aulas de ciência.Nas salas de aula do ensino fundamental que visitamos, com exceção de uma, não havia livros de leitura para diferentes graus de habilidade, nem mesmo simples livros de histórias. Entretanto, soubemos que, em São Caetano do Sul, uma escola adotou um sistema que permite que as crianças retirem livros com vocabulário adequado a sua habilidade de leitura e os levem para estudar em casa. É uma iniciativa-modelo, especialmente para as áreas onde poucos têm acesso à leitura em casa.Um bom diretor pode se unir à comunidade, que colabora para a segurança escolar. Mas isso requer uma habilidade excepcional de liderança. Alguns diretores lutam em condições de vulnerabilidade e vivem com medo. Muitos edifícios escolares são atacados por vândalos e cobertos de pichações. Nas suas imediações, há venda de drogas, consumo de bebidas alcoólicas e os cidadãos vivem aterrorizados.Aparentemente, há um padrão para os muros das escolas de São Paulo. De blocos de concreto, com altura não superior a 2,5 metros. Os portões das escolas são de chapas de aço, um pouco mais baixos do que os muros; podem ser facilmente saltados. São comuns os roubos de equipamentos praticados por intrusos. Algumas escolas têm janelas, móveis e outros objetos danificados. Outras, situadas em áreas similares, estão intactas.O relacionamento entre as escolas e suas comunidades pode criar condições de respeito e proteção, onde uma liderança local eficiente faz a diferença. Apesar disso, investir na proteção dos prédios, construindo muros em volta, parece valer a pena. As escolas estaduais que necessitam de proteção são visitadas, esporadicamente, por policiais militares. Muitas escolas, mesmo as que mantêm bom relacionamento com a comunidade, estão vulneráveis e receberiam com satisfação uma guarda permanente, particularmente nos horários de troca de alunos, quando pode haver tráfico de drogas e violência nas proximidades. Em uma cidade onde os supermercados e os condomínios normalmente são guardados o tempo todo, as escolas lotadas de crianças e com um quadro profissional majoritariamente feminino, em bairros violentos, carecem desesperadamente de um programa de segurança.Os grupos de alunos mais bem-comportados eram os das escolas onde o ensino é interativo. A diretora de uma dessas diz que, quando os alunos se entediam e não aprendem, é mais difícil contê-los. Opinião incomum na periferia de São Paulo, onde os problemas tendem ser atribuídos pelos pais aos professores ou por estes aos pais e alunos e onde a aceitação pela responsabilidade do comportamento e aprendizagem é rara.Veja os principais pontos da análise:PRIMEIRA IMPRESSÃO APRENDIZAGEM MATERIAIS DIDÁTICOS ORGANIZAÇÃO DAS ESCOLAS SUPERVISÃO ESCOLAR MERENDA RECURSOS FINANCEIROS FUTUROLeia também: Itaquaquecetuba tem escola exemplar Um ensino que tem muito a aprenderJane WrefordJane Wreford dirige a inspeção das autoridades escolares locais para a Comissão de Auditoria da Inglaterra

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.