Marta anuncia universidade na zona leste

Uma semana depois de ser recebida com vaia e levar uma chuva de bolinhas de papel em Cidade Tiradentes, na zona leste de São Paulo, a prefeita Marta Suplicy (PT) anunciou nesta segunda-feira, por meio de sua assessoria técnica, um plano audacioso para a região, com investimento de R$ 700 milhões.O projeto inclui uma universidade e a ligação de Guarulhos, passando pela zona leste, ao ABC, por um corredor viário. Um campus da Universidade de São Paulo (USP) também já está em construção, segundo o governador Geraldo Alckmin. O Plano de Desenvolvimento Econômico e Social, anunciado nesta segunda-feira pela prefeita numa reunião a portas fechadas com representantes do governo federal e das prefeituras da região metropolitana, ainda é só um projeto.Apesar de não ter definido exatamente a área da nova universidade nem os cursos que irá oferecer, o coordenador de assessoria técnica da Prefeitura, Branislav Kontic, responsável pelo plano, anunciou que a instituição não será uma universidade federal ou municipal no "sentido clássico", mas terá um "arranjo inovador"."A idéia é privilegiar o acesso do público local à faculdade, como no sistema criado pelo (ministro da Educação) Cristovam Buarque na Universidade de Brasília", disse, sem adiantar como seria viável a execução do projeto.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.