Mais de 200 municípios não receberão livros didáticos do MEC em 2011

A maioria é do Estado de São Paulo; no País, a adesão ao Programa Nacional do Livro Didático chegou a 96%

Estadão.edu e Agência Brasil

24 Agosto 2010 | 17h15

Balanço do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE) mostra que 222 municípios não aderiram ao Programa Nacional do Livro Didático (PNDL). Em 2011, essas cidades não receberão o material, que será distribuído gratuitamente pelo Ministério da Educação (MEC) a todas as escolas públicas de educação básica. No País, a adesão chegou a 96%

 

Dos 222 municípios que não se inscreveram, 143 são no Estado de São Paulo.

 

A partir deste ano, as Secretarias da Educação  ou entidades precisam preencher um termo de adesão ao programa. Segundo o MEC, o objetivo da mudança foi evitar o desperdício. Antes, todas as escolas da rede pública recebiam os livros, mas, em alguns casos, as redes de ensino optavam por adquirir materiais didáticos de sua preferência, como apostilas, e não utilizar as obras enviadas pelo governo federal.

 

Quem ficou de fora do PNLD 2011, mas queira receber as obras em 2012, pode firmar o termo de adesão com o FNDE a qualquer momento.

 

No próximo ano, o PNLD vai atender a estudantes do 6° ao 9° ano do ensino fundamental com obras de português, matemática, história, geografia, ciências e língua estrangeira (inglês ou espanhol).

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.