Mais de 120 faculdades não têm nenhum aprovado na OAB

Algumas das maiores instituições de ensino superior do País estão entre as que não aprovaram ninguém no Exame

Marina Azaredo, O Estado de S. Paulo

03 Fevereiro 2014 | 22h19

 O Conselho Federal da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) divulgou nesta segunda-feira, 3, o resultado do XI Exame de Ordem Unificado, encerrado em setembro do ano passado. Ao todo, foram avaliados os resultados de estudantes de Direito de 1.291 câmpus universitários. O índice de aprovação foi de 19,64%. Ao todo, 126 câmpus não tiveram nenhum candidato aprovado.

Algumas das maiores instituições de ensino superior do País estão entre as que não aprovaram ninguém no Exame. É o caso da Anhanguera, cujos campos de Osasco e de São Caetano do Sul não aprovaram nenhum aluno, e da Unip, que tem câmpus em São Paulo, Campinas e São José do Rio Pardo na mesma situação. A Anhanguera preferiu não comentar os dados antes da divulgação do número de alunos da instituição que prestaram a prova. A Unip também não se posicionou a respeito dos resultados.

Além da divulgação do resultado, a Coordenação de Exame Unificado do Conselho Federal da OAB realizou um estudo sobre a porcentagem de aprovação dos candidatos da primeira fase, resultando na elaboração de índices de acertos obtidos pelos candidatos em cada área de conhecimento em que foram avaliados. O objetivo é permitir que as instituições aperfeiçoem o seus processos de ensino e aprendizagem em relação a possíveis deficiências. A primeira fase é composta por provas objetivas de 16 áreas do direito e mais o Estatuto da OAB. 

No entanto, apesar de divulgados os porcentuais de aprovados de cada instituição, não foi informado o número de alunos que fizeram a prova. Esse dado deve ser divulgado ainda esta semana.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.