Maioria dos concluintes do ensino médio tem nota abaixo da média no Enem 2010

Comparação entre as provas de 2009 e do ano passado mostra pequena melhora nos resultados dos estudantes, mas a maioria (cerca de 53%) ainda está aquém da média

Rafael Moraes Moura / BRASÍLIA, O Estado de S. Paulo

13 Setembro 2011 | 11h45

Embora a nota da edição 2010 do Enem tenha sofrido um ligeiro aumento - de 9,63 pontos - em relação a 2009, a maioria dos estudantes de ensino médio ainda apresenta desempenho abaixo da média nacional na prova objetiva.

 

Segundo o Ministério da Educação (MEC), 52,98% dos concluintes do ensino médio regular ficaram abaixo da média em 2010 (511,21). Em 2009, a porcentagem foi de 55,45% - naquele ano, a média foi de 501,58. Pela primeira vez, a Teoria de Resposta ao Item (TRI), que calibra o grau de dificuldade de avaliações distintas, permite a comparação de dois Enems consecutivos.

 

Entre 2009 e 2010, o número de alunos concluintes do ensino médio que se inscreveram e fizeram a prova aumentou de 824.027 (45,8% do total de concluintes) para 1.011.952 (56,4%), entre 2009 e 2010.

 

Os números do último Enem foram discutidos nesta segunda-feira, 12, durante reunião da coordenação política do governo, no Palácio do Planalto, que contou com a participação do ministro da Educação, Fernando Haddad. Segundo ele, a presidente Dilma Rousseff "compreendeu o significado" de um aumento de 9,63 pontos na média.

 

"O dado não nos surpreendeu porque estava dentro das nossas projeções", afirmou o ministro.

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.