Maior feira de educação do País abre as portas amanhã

A mais volumosa reunião de novas tecnologias e produtos ligados ao ensino começa amanhã. A Feira Internmaiconal de Educação ocupa até sábado dois pavilhões do Expo Center Norte, em São Paulo. A organização espera receber 150 mil pessoas e movimentar R$ 180 milhões. Durante o evento será realizado o 10.º Congresso internacional de Educação, que este ano será aberto pelo pricipal pesquisador de conhecimento coletivo, o francês Pierre Levy.Entre os lançamentos, a feira apresenta material didático para o maternal do Sistema Maxi de Ensino; softwares educacionais, versão 2.0 do Sistema Gestão Acadêmica e o CyberBoxâ? periférico ligado ao computador PC por porta serial comum da Organização Educacional Expoente; sistema bilíngüe de ensino do Grupo Proacademix; o software de autoria visual class versão Java e o visual class 2003 para ambiente windows que controla o Robô Wirelles sem fio da Visual Class, enrte outros. LivrosLançam livros na feira as editoras Cortez, Ática, Capta, Scipione de São Paulo, Segmento, Vozes, Summus, Loyola, Papirus, Paulinas, Paulus, Artmed, Nova Prova, Base, Dom Bosco e Opet. Também apresentam palestas no congresso Frank Cody, José Maria Gasalla, Francis Imbert, Michel Develay, Paulo Gaudencio, Gustavo Boog, Mário Sérgio Cortella, Leandro de Lajonquiére, José Eduardo Cardozo, Hamilton Werneck, Eduardo Carmello, Débora Dias Gomes e Tânia Zagury. O acesso à Feira é aberto a todos os interessados e pode ser feito pelo site: www.feiraeducar.com.br, de graça. No local, o ingresso custa R$ 5,00. O congresso deste ano é ligado ao tema Idealismo Empreendedor ? Excelência nas Instituições de Ensino?. Os ingressos custam de R$ 272,00 a R$ 388,00. Podem ser adquiridos também no local.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.