Márcio Fernandes/Estadão
Márcio Fernandes/Estadão

Mackenzie altera vestibular presencial por causa do coronavírus

Universidade adota três modalidades distintas para admitir novos alunos no segundo semestre de 2020

Redação, O Estado de S.Paulo

16 de junho de 2020 | 12h04

A Universidade Presbiteriana Mackenzie alterou a prova presencial do vestibular de inverno, devido à pandemia do novo coronavírus. A avaliação seria em 7 de julho, para as unidades de Alphaville e Higienópolis, e em 18 de julho, para Campinas. Como forma de admitir novos alunos no segundo semestre de 2020, a instituição adotará três modalidades distintas.

Os candidatos concorrerão com a nota mais recente no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), mas valem apenas resultados de 2017, 2018 ou 2019. Caso o estudante não tenha feito nenhuma das três provas, a Mackenzie vai considerar a pontuação em seus dois últimos vestibulares próprios — para o segundo semestre de 2019 e para o primeiro semestre de 2020.

Em última instância, se o aluno não estiver encaixado em nenhum dos critérios citados, será necessário fazer a prova online, marcada para 20 de julho. As inscrições estão abertas até 30 de junho, no site da universidade, com taxa de R$ 100. “Distanciamento social, medidas de restrição e prevenção impossibilitam o processo presencial”, justificou a Mackenzie em nota.

As vagas oferecidas são para os períodos matutino, vespertino e noturno, para os seguintes cursos: Administração, Ciências da Computação, Ciências Contábeis e Econômicas, Direito, Engenharia Civil e Engenharias Elétrica/Eletrônica, Mecânica, Civil, Produção e Materiais, Farmácia, Arquitetura e Urbanismo, Design, Fisioterapia, Ciências Biológicas, Jornalismo, Publicidade e Propaganda, Letras, Pedagogia, Psicologia, Química, Nutrição, Tecnologia em Gastronomia, Tecnologia em Jogos Digitais, Sistema de Informação, Tecnologia em Análise e Desenvolvimento de Sistemas e Teologia.

Entre as principais universidades privadas de São Paulo, a Mackenzie era a única que ainda não havia alterado seu vestibular de inverno por causa das restrições impostas pela covid-19. A realização de provas online e a aceitação de notas do Enem também estão entre as soluções encontradas por outras instituições do ensino superior.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.