Lula promete 50% de vagas a aluno de escola pública

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva anunciou, há pouco, durante reunião do Conselho de Desenvolvimento Econômico e Social (CDES), que o governo enviará ao Congresso projeto de lei reservando metade das vagas das universidades federais a alunos que concluírem o ensino médio em escolas públicas.Lula argumentou que a proposta vai promover igualdade racial, privilegiando parcelas da população discriminadas, como negros e índios. Segundo o presidente, com isso serãoabertas 60 mil vagas por ano para alunos da rede pública.Ele, no entanto, não entrou em detalhes sobre a proposta, nem o ministro da Educação, Tarso Genro, presente à reunião, havia explicado a medida até momentos atrás.Lula também anunciou que vai enviar ao Legislativo outro projeto, este criando o Programa Universidade para Todos, concedendo bolsas em instituições privadas de ensino superior a alunos de baixa renda e professores da educação básica da rede pública.Outra iniciativa é o Projeto Soldado Cidadão, que terá com o objetivo empregar 30 mil jovens de baixa renda nas Forças Armadas.Ao se referir a mudanças no projeto que estimula o primeiro emprego, proposta já aprovado pelo Congressso mas que não proporcinou o número de empregos pretendido pelo governo, o presidente informou que, agora, os empresários poderão fazer contratos temporários com jovens e empregar temporariamente pessoas que já concluíram o segundo grau.

Agencia Estado,

13 de maio de 2004 | 13h39

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.