Livro reúne mapas e mostra caminhos dos bandeirantes

Resultado de um extenso trabalho científico de reunião e resgate de documentos dos séculos 18 e 19, o livro Cartografia da Conquista do Território das Minas, uma co-edição da Editora da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG) e da Kappa Editorial, de Portugal, será lançado nesta quarta-feira em Belo Horizonte.A obra é formada por cerca de 200 documentos, entre mapas e ilustrações de caminhos percorridos pelos bandeirantes em busca de índios e, principalmente, de ouro no interior do Brasil.O conjunto cartográfico e iconográfico é inédito ou pouco conhecido. Foi reproduzido de originais encontrados em arquivos nacionais e de Portugal, que retratam as condições que levaram os pioneiros à região das minas, que hoje abrange Minas, Goiás e Mato Grosso.O livro revela, com aquarelas feitas por cartógrafos e botânicos da Colônia, os caminhos usados para chegar a essas regiões, a partir de São Paulo, Bahia, Rio e Espírito Santo."Com isso, abordamos parte da cartografia desses Estados", diz o geólogo Antônio Gilberto Costa, organizador do volume e diretor do Instituto de Geociências da UFMG. Além dele, assinam a obra Friederich Ewald Renger, Júnia Ferreira Furtado e Márcia Maria Duarte dos Santos, todos professores da UFMG.Costa salienta que os textos, numa linguagem acessível, descrevem a travessia de rios e matas, além da atmosfera de aventura e medo que permeava as expedições. "Há ainda ilustrações sobre a técnica de extração do ouro."

Agencia Estado,

17 de março de 2004 | 10h25

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.