Literatura e arte caem na prova de história da Fuvest

O segundo dia da segunda fase da Fuvest, nesta segunda-feira, deu uma amostra do que é a interdisciplinaridade, adiantada pelo diretor da entidade. E os vestibulandos gostaram da idéia. Teve literatura e arte na prova de história. "É o tipo de questão de não adianta estudar muito só aquele ponto", disse o candidato Bruno Pereira. Além de História, a Fuvest aplicou também os exames de Química.As duas provas foram realizadas por cerca de 23 mil alunos, já que muitos dos convocados para essa etapa não precisam fazer exames dessas disciplinas por causa do curso que escolheram. O índice de abstenção em História foi de 5,54%, e em Química, 7,85%. Os exames tiveram dez questões dissertativas cada e nenhum dos vestibulandos teve de fazer os dois. InterdisciplinaridadeO novo conceito de interdiciplinaridade pôde ser notado na pergunta que mencionava os escritores Euclides da Cunha e Lima Barreto. Os estudantes precisavam escrever sobre o porquê de eles não retratarem o Brasil da mesma maneira que seus colegas da época. Em outra questão, os vestibulandos tiveram de analisar uma pintura. "Foi preciso ter uma boa visão de mundo e uma cultura geral apurada para se sair bem na prova", afirmou o professor de história do Objetivo, Marco Antonio Jacob. O exame também teve questões muito atuais, como o processo de transição do cargo de presidente da República no Brasil e o Fundo Monetário Internacional (FMI). Já a prova de química, uma das mais temidas na Fuvest, veio mais fácil este ano. "Só duas questões exigiam cálculos, o restante era conceitual", afirmou o coordenador de química do Objetivo, Antonio Mario Salles. O professor do Etapa, Edison de Barros Camargo, completou dizendo que o grande número de tabelas e gráficos deve ter assustado os alunos. "Mas, na verdade, o contéudo exigido foi bem menor que no ano passado."A segunda fase da Fuvest continua até quinta-feira. Terça-feira é o dia das provas de Geografia e Biologia. Quarta-feira será Física e, por último, Matemática. A lista de aprovados sai no dia 5.

Agencia Estado,

06 de janeiro de 2003 | 22h44

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.