Laura Bush pede investimento em alfabetização no mundo

A primeira-dama dos Estados Unidos, Laura Bush, disse que a alfabetização é um "desafio" paratodos os países, e convocou as nações a investir na educação, pois esta éuma de "suas obrigações fundamentais". A mulher de George W. Bush fez o apelo durante uma mesa-redondasobre o tema "Formação de professores e alfabetização", realizada nasede da Organização da ONU para a Educação, Ciência e Cultura(Unesco), em Paris. "Acabar com o analfabetismo é um desafio para todos os países",disse. Segundo Laura Bush, esse desafio é "extremamente sensível",afirmou, "a tudo que é feito em favor da alfabetização". Para esta ex-professora e bibliotecária, "investir naalfabetização e na educação ajuda os governos a cumprir suasobrigações fundamentais". Essas obrigações são "melhorar as oportunidades das crianças edas famílias, reforçar suas economias e manter seus cidadãos com boasaúde", acrescentou. A mesa-redonda da Unesco é uma ponte entre a Conferência da CasaBranca sobre a alfabetização no mundo, presidida por Laura Bush emsetembro de 2006, e a primeira conferência regional da Unesco sobreo mesmo tema, que será realizada no Catar, em março. Esta reunião será seguida de uma conferência regional para aÁfrica (Mali, em setembro) e outras três conferências para a AméricaLatina (Costa Rica, início de 2008), Europa e Ásia Central(Azerbaijão, em 2008) e Ásia e a região do Pacífico (local ainda nãodefinido), anunciou o diretor-geral da Unesco, Koichiro Matsuura.

Agencia Estado,

15 de janeiro de 2007 | 15h25

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.