Jogos criam competição saudável entre estudantes, diz professor

Para Altamiro Gonçalves, do Rio, o material voltado para o vestibular vai virar uma ‘febre’

Marici Capitelli, Jornal da Tarde

29 Julho 2010 | 11h33

JORNAL DA TARDE

Uma ou duas vezes por mês, os professores de um curso pré-vestibular, no Rio de Janeiro, costumam distribuir revistas de passatempo para os alunos. Os jovens adoram os jogos. "Cria até uma competição saudável entre os alunos para ver quem consegue resolver mais", diz o professor Altamiro Gonçalves.

 

Segundo ele, como os vestibulares das universidades e o Enem trabalham as disciplinas de maneira integrada, os jogos são importantes porque permitem trabalhar o conhecimento também de maneira global.

 

Leia também:

Lição de casa com jeitinho de passatempo

 

Em sua opinião, essas revistas atraem os jovens, que costumam se interessar mais por computadores. "É um material que eles usam durante os trajetos para a escola enquanto estão no ônibus. Observo que para os nossos alunos, o livrinho faz parte da mochila", comenta.

 

Gonçalves conta que tem conversado com outros educadores e muitos já usam as revistas. Para ele, o material voltado para o vestibular vai virar uma ‘febre’.

Mais conteúdo sobre:
Enem Vestibular

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.