Interina assume a secretaria de Educação

Depois de mais de 40 dias de impasse, a prefeita Marta Suplicy (PT) resolveu efetivar a chefe de gabinete Maria Aparecida Perez como secretária municipal de Educação. A decisão deve ser publicada hoje no Diário Oficial do Município. Coincidência ou não, a efetivação ocorreu ontem, dia em que Maria Aparecida completava 47 anos. A nova secretária ocupava o cargo interinamente desde a saída do professor da USP Nélio Bizzo, que ficou apenas seis dias no posto. Maria Aparecida é mulher do ex-secretário de Transportes Carlos Zarattini e pessoa de confiança de Marta, de quem foi assessora especial até 2002. Ela se tornou a quarta a ocupar o posto em dois anos e dois meses de governo, sucedendo Fernando Almeida, Eny Maia e Bizzo. No período de interinidade, Cida ? como é chamada na Prefeitura ? teve uma superstição curiosa: não ocupou a cadeira nem a sala reservadas ao secretário, mantendo-se no recinto anexo que já ocupava como chefe de gabinete. Antes da confirmação, a prefeita teria sondado algumas pessoas para o cargo. Segundo fontes na Prefeitura, diante das recusas, Marta optou por uma ?solução caseira?. Agora, como titular da Educação, Cida terá a responsabilidade de concluir a implementação dos Centros Educacionais Unificados (CEUs), que devem ser bandeira de campanha na reeleição de Marta. As obras, porém, estão atrasadas: pelo menos 20 CEUs deveriam estar prontos em 2002.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.