Instituto Ling concede bolsas a 7 jornalistas

Entre os premiados está João Villaverde, repórter da sucursal de Brasília do 'Estado' desde 2012

O Estado de S. Paulo

01 Agosto 2015 | 03h00

Em sua sexta edição, o Programa Jornalista de Visão, promovido pelo Instituto Ling, contemplou neste ano sete profissionais com bolsas de estudo para cursos de pós-graduação nos Estados Unidos e na Europa. Entre os premiados está João Villaverde, repórter da sucursal de Brasília do Estado desde 2012.

Voltado a profissionais de imprensa entre 25 e 30 anos, o programa “reconhece o papel fundamental dos jornalistas como multiplicadores de valores como a liberdade intelectual, política e econômica”, segundo o Instituto Ling. Os ganhadores serão apresentados oficialmente na segunda-feira, em evento fechado em São Paulo.

Os candidatos são indicados por diretores de redação, editores e colunistas dos principais veículos do País e por bolsistas de edições anteriores. Desde 2010, 51 profissionais foram beneficiados com o programa.

Seleção. Em 2015, 44 jornalistas se inscreveram. Ao fim do processo seletivo, que se estendeu ao longo do primeiro semestre, sete jovens foram escolhidos para fazer mestrado e especialização fora do País.

Além de Villaverde, os contemplados são: Bárbara Marcolini, do jornal O Globo; Estevan Muniz e Marcelo Parreira, da TV Globo; Victor Boyadjian, da Rádio Bandeirantes; Sabrina Passos, da Zero Hora; e Fábio Pupo, do Valor Econômico.

Mais conteúdo sobre:
Instituto Ling

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.