Inscrições para Observatório da Educação terminam na sexta

Grupos de pesquisa de instituições de ensino superior de todo o País têm até sexta-feira, dia 1º, para encaminhar à Capes propostas para o desenvolvimento de estudos sobre educação. O edital oferece R$ 2,2 milhões de apoio. O objetivo do Ministério da Educação é estimular a produção acadêmica e ampliar o pensamento crítico estratégico das políticas públicas do setor.A parceria da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes/MEC) e do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep/MEC) vai apoiar projetos de pesquisa em nível de pós-graduação, stricto sensu, que desenvolvam estudos voltados à educação. ?Os estudos servirão de base para a formulação de políticas educacionais, subsidiando as ações do governo?, explica o presidente da Capes, Jorge Guimarães.O Inep possui um banco de dados muito amplo, entre eles, o Censo Escolar e o Sistema Nacional de Avaliação da Educação Básica (Saeb), mas o seu presidente, Reinaldo Fernandes, quer ampliar a utilização desses dados. ?Acreditamos que a indução da pesquisa irá disseminar mais conhecimento.?Os projetos terão duração de quatro anos. A apresentação deverá ser feita por núcleos de, pelo menos, dois docentes orientadores e por, no mínimo, um estudante de doutorado, mestrado ou pós-doutorado, de um mesmo programa de pós-graduação stricto sensu.Outra modalidade prevista é a apresentação por núcleos em rede, compostos por, pelo menos, três docentes orientadores e por, no mínimo, três estudantes de doutorado, mestrado ou pós-doutorado, de pelo menos dois programas de pós-graduação stricto sensu diferentes. Mais detalhes poderão ser encontrados no edital.

Agencia Estado,

30 de agosto de 2006 | 17h50

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.