Inscrições para o Sisutec começam nesta segunda-feira

Primeira edição de 2014 oferece 291.338 vagas em cursos técnicos para quem já concluiu o ensino médio; cadastro vai até dia 21

Estadão.edu

17 Março 2014 | 12h05

Estão abertas as inscrições para o Sistema de Seleção Unificada da Educação Profissional e Tecnológica (Sisutec) do Ministério da Educação (MEC), que oferece vagas em cursos de educação profissional em instituições públicas e privadas. A inscrição é online, na página do Sisutec, de 17 a 21 de março.

A primeira edição de 2014 oferece 291.338 vagas em cursos técnicos para quem já concluiu o ensino médio. Os cursos são gratuitos e têm início previsto para o período de 14 de abril a 12 de maio.  Nessa edição, 937 instituições de ensino públicas e privadas, além das escolas do Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai) e do Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (Senac), vão oferecer os cursos.

As vagas serão ocupadas, prioritariamente, por estudantes que tenham cursado o ensino médio completo em escolas da rede pública ou, se em instituições privadas, na condição de bolsista integral. O aluno também deverá ter feito a edição de 2013 do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) e, cumulativamente, ter obtido nota acima de zero na prova de redação.

A divulgação dos resultados, em primeira chamada, será no dia 25 de março, e a segunda chamada, no dia 1º de abril. Após as duas chamadas, serão abertas as candidaturas para as vagas remanescentes.

Pronatec. A presidente Dilma Rousseff afirmou nesta segunda-feira, 17, em seu programa de rádio "Café com a Presidenta", que o Sisutec é uma das estratégias de seu governo para ampliar o acesso dos jovens a cursos técnicos em todo o País. "Em vários países desenvolvidos, como Alemanha, por exemplo, a maioria dos estudantes do ensino médio opta pela educação profissional. Nós estamos escrevendo uma nova página na história do ensino técnico no Brasil, queremos valorizar cada vez mais essa modalidade de ensino." 

Segundo o MEC, 1,7 milhão de estudantes já fizeram ou estão fazendo cursos técnicos pelo Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec). "O Brasil precisa de técnicos com habilidade, conhecimento e boa formação porque eles vão contribuir para o desenvolvimento do nosso País",  disse Dilma.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.