Inscrições no Fies terminam dia 10 de setembro

O número de candidatos inscritos para concorrer a uma das 50 mil novas vagas do Fundo de Financiamento ao Estudante do Ensino Superior (Fies), para o segundo semestre de 2004, já passa de 145 mil. As inscrições devem ser feitas via internet no endereço do Fies (http://www.mec.gov.br/sesu/fies/default.shtm) na página do Ministério da Educação ou da Caixa Econômica Federal (http://fies.caixa.gov.br) até às 23h59 (horário de Brasília) do dia 10 de setembro.De acordo com o coordenador do Fies, Leonel Cunha, a expectativa do MEC é de que 290 mil alunos se inscrevam: "O número de inscrições oscila de cinco a 20 mil por dia. Esperamos também que haja uma grande procura nos últimos dias de cadastro". O candidato deve preencher a ficha de inscrição, imprimir o protocolo em duas vias e entregá-lo na instituição em que estuda até o dia 13 de setembro. A instituição, por sua vez, tem até o dia 16 para confirmar a inscrição no Sistema do Financiamento Estudantil (Sifes). Para inscrever-se, o estudante, além de estar regularmente matriculado em curso credenciado no Fies, deve possuir CPF próprio. Não será permitida a utilização do CPF do responsável legal.No dia 17 de setembro, será divulgada, no endereço do Fies na internet, a relação dos candidatos cuja inscrição foi confirmada. Caso haja problemas na confirmação, o candidato deve formalizar pedido de esclarecimentos junto a sua escola, até o dia 22. No dia 23 sai a lista definitiva das inscrições confirmadas.Por meio do Fies, o MEC oferece hoje 163 mil financiamentos a estudantes de universidades particulares. O aluno beneficiado tem financiado até 70% do valor das mensalidades, com juros fixos de 9% ao ano ou 0,72% ao mês. Apenas para manter os estudantes já contratados, o programa desembolsará, durante o ano de 2004, cerca de R$ 655 milhões. A receita do Fies é composta de recursos das loterias administradas pela Caixa Econômica Federal, do Orçamento Geral da União e pelo pagamento dos financiamentos já concedidos (amortização e juros).

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.