Tânia Rêgo/Agência Brasil
Tânia Rêgo/Agência Brasil

Inscrições do Sisu do 1º semestre de 2020 estão abertas; estudantes relatam lentidão

Com erros nas notas do Enem, prazo foi prorrogado até as 23h59 do domingo, 26; nesta edição, são ofertadas 237.128 vagas em 128 instituições públicas de ensino superior

Felipe Cordeiro, O Estado de S.Paulo

21 de janeiro de 2020 | 09h00
Atualizado 21 de janeiro de 2020 | 11h56

SÃO PAULO - As inscrições no Sistema de Seleção Unificada (Sisu) do primeiro semestre de 2020 estão abertas, pela internet, desde o início da madrugada desta terça-feira, 21. Os estudantes têm até as 23h59 (no horário de Brasília) do domingo, 26, para acessar o sistema. O prazo se encerraria na sexta-feira, 24, mas foi prorrogado pelo Ministério da Educação (MEC) por causa dos erros nas notas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem).

Na manhã desta terça, candidatos relataram nas redes sociais lentidão e falhas para se inscrever no sistema. Alguns publicaram prints de uma mensagem que apontava um "erro inesperado" e pedia para que eles tentassem se inscrever mais tarde. Às 9 horas, o Sisu era o tema mais comentado do Twitter no País. O MEC ainda não se manifestou sobre os supostos problemas.

Em seu Twitter, o ministro Abraham Weintraub publicou um vídeo em que afirma que "o Sisu está funcionando normalmente" e que cerca de 500 mil inscrições já haviam sido feitas.

Nesta edição, serão ofertadas 237.128 vagas em 128 instituições de ensino superior públicas. Os interessados devem se inscrever pelo site do Sisu e podem escolher até duas opções de curso. É permitido alterar a escolha durante o período de inscrições. A ordem de preferência de instituição, local de oferta, curso, turno e modalidade de concorrência deve ser especificada.

Veja algumas publicações no Twitter:

O que é o Sisu?

O Sisu é o sistema informatizado do MEC, no qual instituições públicas de ensino superior oferecem vagas para candidatos participantes do Enem. Os estudantes com melhor classificação são selecionados, de acordo com suas notas no exame.

Além de ter feito a edição de 2019 do exame, os candidatos precisam ter alcançado nota superior a zero na prova de Redação.

Veja o cronograma do Sisu:

  • De 21 a 26 de janeiro: inscrições pelo site do Sisu;
  • 28 de janeiro: resultado da chamada regular;
  • De 29 de janeiro a 4 de fevereiro: matrícula da chamada regular e prazo para participar da lista de espera;
  • De 7 de fevereiro a 30 de abril: convocação dos candidatos em lista de espera.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.